Você sabe colocar preço nas suas encomendas?

Qual artesã nunca passou por esta dificuldade? Por quanto devo vender meu artesanato?

Nesta postagem vou ajudar você com algumas dicas que aprendi trabalhando com a Ana Paula Merigo ao longo destes 20 anos de história, vamos lá?

1 – Anote tudo o que você usa para produzir 1 peça, coloque valor em todas as coisas, por mais difícil que possa ser, por exemplo, se usa um pedaço de EVA rosa que tem o tamanho de 1/4 da folha inteira, cobre por este valor. Folha inteira R$ 1,00, 1/4, a folha dividida em 4 partes, custa R$ 0,25.

2 – Calcule o tempo que você demora para fazer cada peça, use o celular e o cronômetro.

3 – Se o cliente quiser uma grande quantidade não abaixe muito o preço! O trabalho de fazer 1 peça ou 10 é o mesmo, sua economia será no tempo, pois pode fazer tudo em linha de produção e talvez de material, pois pode comprar em maior quantidade um pouco mais barato. Um desconto de 10% ou 15% pode ser um bom ponto de partida dependendo da quantidade.

4 – Tem certas coisas que usamos que não da para calcular facilmente! Energia elétrica, internet, cola instantânea, telefone, tinta etc. Coloque um adicional de 10% no preço final de seu produto para cobrir estes gastos.

Claro que o assunto é amplo e merece até um curso detalhado, mas o importante é trabalhar ganhando o que é certo, nem mais nem menos!

Já assinou nossa Newsletter para receber mais dicas e novidades como essa?

Ela é gratuita e nunca vamos incomodar você, fique tranquila!

[mc4wp_form id=”1934″]

2 thoughts on “Você sabe colocar preço nas suas encomendas?

Deixe uma resposta